Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Líder do Comité Nacional Republicano admite pela primeira vez dar nomeação a Trump

  • 333

Win McNamee/GETTY

Pergunta da ABC News foi feita horas depois de o magnata de Nova Iorque ter vencido as primárias do partido na Carolina do Sul. Esta terça-feira é dia de caucus republicano no Nevada

Reince Priebus nem tentou descalçar a bota. Tinham passado poucas horas desde a vitória de Donald Trump em mais uma etapa das primárias do Partido Republicano, na Carolina do Sul, este sábado. E perante o que os analistas dizem agora ser a elevada probabilidade de ele conseguir a nomeação, o apresentador do canal ABC News George Stephanopoulos decidiu perguntar diretamente ao presidente do Comité Nacional Republicano se ele está preparado para dar a Donald Trump a nomeação do Grand Old Party (GOP, como o partido republicano é conhecido).

Stephanopoulos enquadrou a pergunta com alguns factos: não só Trump deu o seu apoio ao Partido Democrata no passado, como recentemente voltou aos ataques a George W. Bush, coqueluche do partido. Priebus pareceu, ainda assim, não ter hipóteses de responder de outra forma: "Se os delegados, como sabe, forem acumulados de uma forma que um destes candidatos se torne o nomeado, é nosso dever apoiar esse nomeado e iremos fazê-lo. Portanto, hum..., sim, estamos preparados para apoiar qualquer candidatato nomeado."

O chefe do organismo republicano que tem a última palavra a dizer sobre quem irá disputar a presidência com o candidato democrata está entre a espada e a parede. Se por um lado começa a ser incontornável o facto de Trump estar no melhor caminho para garantir o maior número de delegados eleitorais — o que ditará a sua vitória final na Convenção Nacional Republicana em julho — também é um facto que foi a candidatura do multimilionário que veio aumentar as cisões dentro do GOP — levando os media a questionarem se será isto o início do fim do movimento republicano nos EUA.

A hipótese já foi colocada pelo "The New York Times", pela revista conservadora "The Atlantic" e até pela Fox News, a estação televisiva mais próxima do GOP. Em janeiro, antes de começar oficialmente a corrida à nomeação republicana, o "The Washington Post" declarou mesmo que "a nomeação de Donald Trump vai arrancar o coração ao Partido Republicano".