Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Cada vez mais refugiados entram na Hungria cortando as cercas

  • 333

GETTY

Foram 270 em dezembro, 550 em janeiro e 1200 nos primeiros 20 dias de fevereiro. Vêm da Sérvia e entram na Hungria cortando ou saltando as vedações fronteiriças

As autoridades húngaras indicaram que cada vez mais refugiados estão a entrar no país cortando ou saltando as vedações fronteiriças. Em dezembro do ano passado 270 pessoas entraram no país deste modo, em janeiro foram 550 e nos primeiros 20 dias de fevereiro foram 1200, segundos os números avançados à BBC.

Em setembro do ano passado, a Hungria finalizou a colocação das cercas com quatro metros de altura ao longo dos 175 quilómetros da sua fronteira com a Sérvia. Mas diversos outros países aumentaram também entretanto os seus controles de fronteira.