Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Grécia tem três meses para controlar as suas fronteiras

  • 333

GETTY

O ultimato surge após a Comissão Europeia ter considerado que a Grécia tem “gravemente negligenciado” o controle das fronteiras exteriores do espaço Schengen

A Grécia tem três meses para controlar as suas fronteiras e caso não o faça poderá ser suspensa do espaço Schengen durante até dois anos, segundo estão a noticiar a BBC e a agência Reuters.

“Todo o funcionamento do espaço Schengen encontra-se em sério risco”, referiu o Conselho Europeu após ter adotado 50 recomendações para a Grécia.

O anúncio surge duas semanas depois de um documento da Comissão Europeia ter considerado que a Grécia tem “gravemente negligenciado" o controle das fronteiras exteriores do espaço Schengen.

A Grécia foi a maior porta de entrada para a Europa para mais de um milhão de refugiados e migrantes no ano passado.

Os diplomatas reunidos esta sexta-feira em Bruxelas indicaram que as recomendações não pretendem isolar ou estigmatizar a Grécia, apontando antes para uma suspensão de Schengen de uma forma relativamente organizada para impedir a sua implosão.

“O objetivo não é fechar a Grécia fora de Schengen. A questão é – se a sua fronteira externa não está a ser controlada, isso permite aos Estados membros manterem os controles que têm efetivos nas suas próprias fronteiras internas”, disse um alto responsável europeu citado pela agência Reuters.