Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Em resposta às pressões, Erdogan ameaça enviar milhões de refugiados para a Europa

  • 333

O Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan

ADEM ALTAN / AFP / Getty Images

Presidente da Turquia continua a recusar abrir a fronteira de Kilis, onde 45 mil sírios chegaram nas últimas semanas em fuga de Alepo. País alberga neste momento três milhões de refugiados

Num discurso em Ancara, Recep Tayyip Erdogan ameaçou na noite desta quinta-feira enviar os milhões de refugiados que estão na Turquia para Estados-membros da União Europeia, em resposta à pressão para abrir a fronteira de Kilis aos cerca de 45 mil sírios que ali chegaram nas duas últimas semanas.

O Presidente da Turquia lembrou ainda que já em novembro ameaçou os líderes europeus numa cimeira de que a Turquia podia dizer “adeus” aos refugiados.

A Turquia, que neste momento acolhe três milhões de refugiados sírios no seu território, está a ser pressionada pela União Europeia e pelas Nações Unidas para receber dezenas de milhares de refugiados sírios que estão a fugir da província de Alepo.

As renovadas ameaças turcas surgiram horas antes de Estados Unidos e Rússia terem alcançado um acordo de cessar-fogo para a Síria.