Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Coreia do Sul, EUA e Japão partilham informações sobre míssil norte-coreano

  • 333

KCNA

Chefes de Estado-Maior dos três aliados querem “responder com determinação” ao alegado lançamento de um míssil de longo alcance por Pyongyang, que mantém ter apenas testado satélite de observação terrestre

Os chefes de Estado-Maior da Coreia do Sul, do Japão e dos Estados Unidos chegaram esta quinta-feira a acordo para troca de informação sobre o projétil que a Coreia do Norte terá lançado no domingo e assim responder “com determinação” ao que consideram ser um desafio de Pyongyang.

O general norte-americano Joseph Dunford e o almirante nipónico Katsutoshi Kawano estiveram reunidos esta manhã no Havai, com o general sul-coreano Lee Sun-jin a juntar-se por videoconferência ao primeiro diálogo entre os chefes militares dos três países aliados desde 2014.

Várias autoridades condenaram tanto o lançamento do míssil norte-coreano no passado domingo como o teste nuclear realizado a 6 de janeiro, iniciativas consideradas como uma “flagrante” violação das resoluções do Conselho de Segurança da ONU, refere o Estado-Maior de Seul em comunicado.

A notícia da reunião dos três chefes militares surge horas depois de o Senado norte-americano ter aprovado a aplicação de mais sanções à Coreia do Norte e dois dias depois de Seul ter aparentemente confirmado a versão de Pyongyang de que o disparo deste domingo se tratou do lançamento de um satélite de observação terrestre e não de testes a mísseis.