Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Os cavalos reconhecem as emoções humanas

  • 333

A domesticação permitiu aos cavalos aprenderem a ler emoções humanas

IGOR KOVALENKO

Estudo da universidade de Sussex revela que os cavalos distinguem emoções como alegria e raiva nas expressões dos homens

Cristina Peres

Cristina Peres

Jornalista de Internacional

Os cavalos conseguem reconhecer diferenças nas expressões humanas nas quais leem sentimentos como alegria e raiva, revelam os resultados da investigação da Universidade de Sussex que foram publicados esta quarta-feira na revista da Royal Society “Biology Letters”.

A investigação implicou a observação de 28 cavalos aos quais apresentaram fotografias em grande formato com as caras de um homem exibindo sentimentos negativos e positivos.
“O principal resultado foi descobrir que os cavalos veem as expressões de raiva através do seu olho esquerdo”, declarou a codiretora do estudo, Amy Smith,citada pela BBC. O processo é semelhante ao de todos os mamíferos: a informação que recebem pelo olho esquerdo transmite-se ao hemisfério direito, o qual é responsável pelo tratamento dos “estímulos negativos”.

Os cientistas verificaram também que o ritmo cardíaco dos cavalos aumenta de forma significativa quando são sujeitos a imagens de raiva ou irritação.

A investigadora explicou que os cavalos têm uma reação “mais forte perante expressões negativas do que positivas” dada a importância que atribuem ao reconhecimento de possíveis ameaças em seu redor.
O estudo permite concluir sobre o impacto que os humanos têm nestes animais, uma vez que o reconhecimento das emoções nas pessoas está diretamente ligado à domesticação, um processo que lhes permitiu adaptarem-se e interpretarem a conduta dos seres humanos.