Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Hong Kong investiga polícia por usar balas verdadeiras

  • 333

Anthony Kwan/Getty

Autoridades só vão escrutinar ações de um só agente que, na noite de segunda para terça-feira, usou balas verdadeiras em disparos de aviso durante confrontos com manifestantes da #fishballrevolution

A polícia de Hong Kong vai abrir um inquérito interno ao uso de balas reais por um agente destacado para patrulhar as manifestações que, na madrugada de terça-feira, geraram a pior noite de violência vivida na região desde 2014.

Segundo a BBC, a polícia vai investigar se foi "apropriado" que um dos seus agentes recorresse a balas verdadeiras para disparar tiros de aviso para o ar durante as manifestações de vendedores de rua e seus apoiantes, que durante o fim-de-semana convocaram uma manifestação para contrariar o despejo dos vendedores ambulantes sob a hashtag #fishballrevolution.

Da operação policial de terça-feira resultaram 24 detidos, com 48 agentes a ficarem feridos nos confrontos com manifestantes. Para além de balas verdadeiras, contaram testemunhas ao "The Guardian", a polícia também usou canhões de água e bastões contra os manifestantes.