Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Birmânia. Escolha do novo Presidente arranca a 17 de março

  • 333

LYNN BO BO / EPA

Data foi definida esta segunda-feira pelo parlamento birmanês. Deputados têm até 1 de abril para nomear o sucessor de Thein Sein, que não pode ser Aung San Suu Kyi

O parlamento da Birmânia decidiu esta segunda-feira que o processo de escolha do próximo Presidente do país arrancará a 17 de março. A notícia foi avançada pelos meios de comunicação locais, com o jornal "The Myanmar Times" a sublinhar que os deputados têm até 1 de abril para nomear o sucessor do ainda Presidente birmanês, Thein Sein.

O atual parlamento foi eleito nas eleições de novembro passado, que deram a vitória ao partido da Nobel da Paz Aung San Suu Kyi, na primeira ida às urnas totalmente livre e democrática no país em décadas. Os deputados tomaram posse a 1 de fevereiro e a seu cargo têm, antes de mais, a escolha do sucessor de Sein, que venceu as eleições de 2011 com forte apoio dos militares da Junta que governou o país com punho de ferro desde 1962 e até à data da sua dissolução.

Apesar de o seu partido ter saído vitorioso das eleições de novembro, Aung San Suu Kyi não é considerada uma candidata legal à presidência, já que antes de abandonar o poder os militares alteraram a Constituição para definir que cidadãos birmaneses com filhos de outras nacionalidades, como é o caso da histórica opositora, não podem ser Presidentes do país.