Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Iowa já fez três vítimas republicanas na corrida à Casa Branca

  • 333

O senador do Kentucky Rand Paul optou por desistir da eleição presidencial para se concentrar na reeleição ao Senado

PETE MAROVICH/EPA

Desde o caucus do Iowa, três pré-candidatos republicanos já anunciaram a suspensão da campanha. Atenções focam-se agora em Donald Trump, Ted Cruz e Marco Rubio, a supresa deste fim de semana

Para os pré-candidatos à Casa Branca, o Iowa pode não ser o momento de todas as decisões mas é certamente um barómetro credível. Pelo menos a julgar pelas desistências dos republicanos Rick Santorum e Rand Paul, anunciadas esta quarta-feira face aos curtos resultados obtidos no primeiro caucus destas eleições presidenciais nirte-americanas.

O senador do Kentucky Rand Paul – outrora classificado como “o homem mais interessante da política” norte-americana, agora ofuscado por Donald Trump e Ted Cruz – anunciou a desistência através de um comunicado, explicando que vai agora concentrar-se na reeleição ao Senado.

O empenho simultâneo nas duas corridas terá sido um dos fatores prejudiciais para o senador, que no Iowa reuniu apenas 5% das preferências dos votantes, classificando-se em quinto lugar. O seu estratega Doug Stafford confirmou em conferência de imprensa, na manhã desta quarta-feira, que o resultado no Iowa pesou na decisão: “Embora tenha sido encorajador, não tinha uma hipótese assim tão favorável de conseguir a nomeação. A trajetória da corrida ficou definida depois do Iowa”, cita o “Washington Post”.

“A luta está longe de acabar. Vou continuar a carregar a tocha pela liberdade nos Estados Unidos e estou ansioso por conseguir o privilégio de continuar a representar o povo do Kentucky por mais um mandato”, explicou o ex-candidato em comunicado.

Mas outros fatores terão pesado na decisão de Rand Paul. Segundo a equipa responsável pela comunicação da sua campanha, o senador viu-se prejudicado pela pouca atenção mediática, que atribui à ascensão de Trump e ao facto de não ter sido convidado para todos os debates republicanos. Agora, fora da corrida, Paul já confirmou que não vai apoiar nenhum pré-candidato, mas apenas aquele que o Partido Republicano escolher para disputar as eleições.

No entanto, a imprensa norte-americana faz previsões e garante que quem vai sair beneficiado com esta desistência é o senador Ted Cruz, que fintou Trump no Iowa e venceu a primeira prova de fogo. Isto porque, com a imagem de nome forte do Tea Party e cristão evangélico, Cruz estava a ter dificuldades na base de apoio liberal a Rand Paul, agora órfã.

“Juntem-se a mim no apoio a Marco Rubio”

Se para Rand Paul foi claro que o resultado do Iowa o deixava numa posição vulnerável, para o agora ex-candidato Rick Santorum a decisão terá sido ainda mais imediata. O senador da Pensilvânia, que obteve apenas 1% dos votos no Iowa, classificou-se em 11.º lugar neste primeiro caucus, resultado que o terá levado a deixar a corrida.

No Twitter, Santorum anunciou a decisão, assim como o apoio ao candidato republicano Marco Rubio, que foi a supresa do Iowa (Rubio classificou-se em terceiro lugar com uns 23,1% muito próximos dos 24% de Trump): “Estou tão agradecido pelo vosso apoio. Este não é o nosso ano. Por isso, por favor, juntem-se a mim no apoio a Marco Rubio”.

O elenco republicano fica cada vez mais vazio: os anúncios de Paul e Santorum seguem-se à desistência do antigo governador do Arkansas Mike Huckaubee, que logo na segunda-feira decidiu sair da corrida depois de ter conseguido apenas 2% dos votos no Iowa.