Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Mexicanos revoltados: polícias deixaram grupo de sicários executar homem

  • 333

Seis polícias fugiram de uma comunidade no México quando chegou um grupo armado. Pouco depois, um homem foi executado

No México, os agentes da polícia não gozam de boa reputação. Em causa estão crimes de corrupção, alianças com traficantes e outros abusos. Um vídeo - que está a circular nas redes sociais - reforça essa imagem, ao mostrar um grupo de polícias a abrir alas para um comando armado na comunidade Cristo Rei, no estado de Sinaloa.

No vídeo veem-se seis agentes a fugirem em duas carrinhas da polícia, pouco antes de um comando armado assassinar um indivíduo. Só um minuto depois de os agentes saírem da comunidade é que o comando armado retira um indíviduo de uma casa, ouvindo-se depois três disparos, refere o “El País”.

Segundo o diretor da Segurança Pública, os polícias explicaram que se deslocaram à comunidade na sequência de uma chamda telefónica, mas que fugiram do local ao verem-se confrontados com um número superior de elementos do comando armado, que chegaram em três carrinhas.

Os seis agentes estão neste momento sob custódia. O caso já está a ser investigado.