Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Cinco crianças entre os 39 mortos num naufrágio ao largo da Turquia

  • 333

O número de vítimas do naufrágio da embarcação que transportava migrantes e refugiados poderá ainda aumentar, à medida que continuam as buscas por mais desaparecidos. Foram resgatadas 75 pessoas com vida

O naufrágio de uma embarcação este sábado ao largo da costa turca fez pelo menos 39 mortos, entre eles cinco crianças, segundo os dados mais atualizados fornecidos pela guarda costeira turca e citados pela BBC.

A guarda costeira conseguiu ainda resgatar 75 pessoas com vida, depois do naufrágio de um barco com migrantes e refugiados, com destino à Grécia.

“Receio que os números aumentem à medida que continuamos as buscas”, disse Mehmet Unal Sahin, presidente da câmara de Ayvacik, citado pela Reuters. “Os locais acordaram com os gritos das pessoas e temos estado a resgatá-las desde o início da madrugada”, acrescentou, lembrando ter uma costa de 80 quilómetros que é “muito difícil de controlar”.

As autoridades costeiras da Turquia continuam as buscas no local onde a embarcação de 17 metros, que transportava 120 pessoas, se afundou, junto à costa de Ayvacik.

Síria, Afeganistão e Birmânia são as origens da maioria dos pessoas que vinham na embarcação.

Na passada quinta-feira, 24 migrantes, entre eles dez crianças, sobretudo sírios e afegãos, morreram também num naufrágio ao largo da ilha grega de Samos.

Os dados do Alto-Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) mostram que, desde o início deste mês, 46.240 migrantes chegaram à Europa, via Mar Mediterrâneo (44.040 chegaram à Grécia e 2.200 a Itália).

No último ano, foram mais de um milhão de migrantes e refugiados que chegaram e cerca de 3.600 morreram ou desapareceram, lembra a Reuters.

[notícia atualizada às 19h36]