Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Trump faz birra e vai faltar a debate republicano

  • 333

SCOTT MORGAN/REUTERS

Multimilionário diz que não vai comparecer no debate republicano desta quinta-feira, na Fox News. O favorito nas sondagens acusa o canal de o tentar prejudicar a dias da votação no estado do Iowa

O candidato à Casa Branca - e favorito à nomeação republicana - Donald Trump não estará presente no debate republicano desta quinta-feira. Depois de um longo historial de declarações polémicas, o milionário e estrela de reality-shows expressou a pouca vontade de comparecer ao debate.

“Não me vou dar a esse trabalho”, assumiu esta terça-feira numa conferência de imprensa. “Vamos fazer qualquer coisa em simultâneo no Iowa, algo para angariar dinheiro para os veteranos de guerra e feridos em combate”, anunciou.

Em causa está uma longa divergência de Trump com a Fox News, o canal que organiza o debate entre os candidatis do Partido Republicano. Na terça-feira da semana passada, o canal lançou rumores de que Vladimir Putin trataria Trump “de forma diferente” caso este chegasse à Casa Branca. As alegações enfureceram o candidato, que agora acusa o canal de uma “tentativa de manipulação” contra si.

A juntar à controvérsia, Trump exigiu que a “repórter de terceira categoria” Megyn Kelly não fizesse parte da equipa de moderadores. O pedido vem na sequência do último debate na Fox News, em agosto de 2015, onde Kelly o questionou sobre comentários sexistas feitos no passado. As questões não agradaram ao candidato, chegando a insinuar que, durante o debate, a pivô tinha “sangue a sair-lhe de todo o lado”.

Favorito nas sondagens, o candidato não parece preocupado com a sua ausência do debate. "Veremos como se saem nas audiências", avisa

Favorito nas sondagens, o candidato não parece preocupado com a sua ausência do debate. "Veremos como se saem nas audiências", avisa

BRIAN SNYDER / REUTERS

Já não é a primeira vez que o multimilionário ameaça faltar a um debate. Porém, as recentes polémicas com a Fox News fazem desta uma decisão final. “Ao contrário das pessoas estúpidas e incompetentes que gerem o nosso país, Trump sabe quando virar costas”, diz um comunicado da sua campanha.

Mesmo sem a presença do favorito nas sondagens – Trump tem, fazendo a média, uma vantagem de 16 pontos – a Fox News está do lado da jornalista e não cede às pressões de Trump. O debate seguirá esta quinta-feira, como planeado.