Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Roma tapou estátuas de nus em sinal de respeito pelo presidente do Irão

  • 333

ANGELO CARCONI/EPA

Preparativos para a viagem oficial que o presidente iraniano está a fazer a Itália foram cumpridos com todo o rigor. Nada de esculturas atrevidas à sua passagem ou de álcool servido ao jantar...

Para evitar embaraços e num gesto de respeito pelo presidente iraniano Hassan Rouhani, que cumpre por estes dias uma visita oficial a Itália, todas as esculturas de nus no Museu Capitolini, em Roma, foram tapadas com paineis brancos. O museu foi o local escolhido, esta segunda-feira, para o encontro entre Rouhani e o primeiro-ministro italiano Matteo Renzi. Mas ao longo dos corredores por ambos percorridos, nenhuma das estátuas mais atrevidas ficou à vista.

Segundo o “The Guardian”, o gabinete do primeiro-ministro preferiu não comentar a decisão, mas um porta-voz do Capitolini esclareceu que todos os preparativos da visita foram delineados pelos serviços do gabinete de Matteo Renzi.

Também por respeito a Rouhani e à religião muçulmana professada no seu país, não foram servidas bebidas alcoólicas no jantar servido em sua homenagem, diz a agência Ansa.

O presidente iraniano iniciou esta segunda-feira, em Itália, a sua primeira visita oficial à Europa, numa altura marcada pelo levantamento das sanções internacionais ao Irão. Da agenda desta visita fizeram também parte encontros com o seu homólogo italiano, Sergio Mattarella, e já esta terça-feira um outro, com o Papa Francisco.

Na quarta-feira, e prosseguindo o seu périplo europeu, Hassan Rouhani viaja para França.