Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

“Putin é corrupto”, diz o responsável americano do Tesouro

  • 333

Facundo Arrizabalaga/EPA

O Presidente russo “tem um longo treino e prática em esconder a sua real riqueza”, afirmou Adam Szubin, responsável do Departamento do Tesouro norte-americano para o terrorismo e crimes financeiros

Apesar dos Estados Unidos já terem imposto sanções aos colaboradores de Vladimir Putin, as declarações, apresentadas segunda-feira à noite no programa da BBC “Panorama”, são as primeiras em que um responsável norte-americano acusa direta e explicitamente o Presidente russo de ser corrupto.

“Nós vimo-lo a enriquecer os seus amigos, os seus aliados próximos, e a marginalizar aqueles que ele não encara como amigos usando os bens dos Estado. Seja no sector energético, seja nos seus outros contratos estatais, ele direciona-os para aqueles que acredita que lhe poderão servir e exclui os que não o fazem, para mim isso é um retrato de corrupção”, afirmou o responsável do Departamento do Tesouro norte-americano para o terrorismo e crimes financeiros, Adam Szubin.

Apesar de se recusar a comentar um relatório secreto da CIA de 2007 que indica que a riqueza de Putin ronda os 37 mil milhões de euros, Szubin disse que o Presidente russo é impressionantemente rico.

“Ele supostamente tem um salário estatal de cerca de 102 mil euros anuais. Mas isso não é um relato preciso da sua riqueza, e ele tem um longo treino e prática em esconder a sua riqueza”, acrescentou.

O programa entrevistou ainda um antigo responsável da empresa marítima estatal Sovcomflot , Dimitry Skarga, que disse ter testemunhado o processo através do qual o dono do Chelsea, Roman Abramovich, ofereceu um iate de 32 milhões de euros a Putin.

O porta-voz do Presidente russo reagiu declarando que “nenhuma destas questões precisa de ser respondida, pois são pura ficção”.