Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Polícia afegão drogou e matou 10 colegas

  • 333

Suspeito de colaborar com os talibãs, o polícia matou os colegas quando estes se encontravam inconscientes e depois fugiu com as suas armas

Um polícia afegão, suspeito de ser um talibã infiltrado, drogou e matou 10 colegas ao início desta terça-feira numa região instável do sul do país, indicaram fontes oficiais, que referiram ter sido o segundo ataque contra a polícia em apenas uma semana efetuado através de infiltrados.

“A nossa investigação mostra que o polícia colaborou com os talibãs, drogou os colegas e matou-os enquanto eles estavam inconscientes”, afirmou Dost Mohammad Nayab, porta-voz do governador da província de Uruzgan, à agência France Presse.

Após ter efetuado o ataque pouco depois das meia-noite num posto da polícia de Chinarto, província de Uruzgan, o polícia fugiu com as armas dos colegas.

O porta-voz dos talibãs, Zabihullah Mujahid, confirmou o ataque, mas com uma versão ligeiramente diferente, indicando que um homem armado conseguiu tomar o controle policial em Chinarto, matando 9 polícias.