Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Pelo menos oito mortos em tempestade nos EUA

  • 333

Tempestade “Snowzilla” pode fazer cair mais de 60 centímetros de neve em Washington. Autoridades aconselham as pessoas a permanecerem em casa até domingo

Pelo menos oito pessoas morreram nos EUA, na maior tempestade dos últimos anos, com ventos fortes e queda recorde de neve, com as autoridades a aconselhar milhões de pessoas a procurar abrigos ou a ficarem em casa.

Os media norte-americanos afirmam que pelo menos oito pessoas morreram na sexta-feira em situações relacionadas com a tempestade, que deve durar até ao início de domingo e já é chamada de "Snowzilla".

Os meteorologistas preveem que a tempestade pode fazer cair mais de 60 centímetros de neve em Washington e arredores até ao final do dia de hoje, deixando os moradores em casa.

O aviso das autoridades para os possíveis efeitos da tempestade estava em vigor para uma larga faixa do leste dos EUA, desde Washington a Nova York, com batalhões de funcionários com limpa-neves a espalharem sal durante a noite.

A tempestade deverá afetar cerca de 85 milhões de norte-americanos, cerca de um quarto da população dos EUA, e, quando terminar, pode ter causado mais de mil milhões de dólares (cerca 926 milhões de euros) de prejuízo.

Vários estados do sul, onde normalmente não neva, foram também atingidos pela neve e pelo granizo, deixando dezenas de milhares de habitantes sem energia elétrica.

No Kentucky, milhares de motoristas ficaram encalhados durante a noite ao longo de 56 quilómetros da estrada interestadual 75, onde permaneciam presos ao início do dia de sábado.

Em toda a costa leste, clientes frenéticos esvaziaram as prateleiras dos supermercados, preparando-se para a tempestade, enquanto as escolas e os escritórios do Governo em Washington foram encerrados.

Ventos fortes eram esperados durante a noite, o que levou a chefe de polícia de Washington, Cathy Lanier, a exortar os moradores a ficar em casa.

Vários milhares de voos foram cancelados por causa da tempestade, enquanto as autoridades tomaram a decisão incomum de encerrar os sistemas de transporte ferroviário, incluindo o Metro, e de autocarros da cidade entre sexta-feira e segunda-feira de manhã.

Se a neve cair em Washington como preveem as autoridades, poderá ser superado o recorde estabelecido em 1922 por uma tempestade, que matou 100 pessoas depois do desabamento do teto de um teatro.

A neve e o granizo já atingiram os estados do sul do Arkansas, Tennessee, Kentucky, Carolina do Norte, Virgínia Ocidental e Virgínia, com 18 Estados sob temporal ou outros avisos de tempestade, relatou o Weather Channel.

"Nós estamos a ter uma grande quantidade de acidentes", disse Pat McCrory, governador da Carolina do Norte, onde foram registadas algumas das mortes.

Cerca de 95.000 pessoas ficaram sem energia neste Estado, disseram funcionários dos serviços de socorro na rede social 'Twitter'.

A CNN informou que cerca de 133 mil pessoas ficaram sem energia elétrica em todo o sudeste dos EUA.