Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Mar Egeu. Dois naufrágios fazem 21 mortos, incluindo oito crianças

  • 333

JJ Massey/EPA

Naufrágios sucessivos ocorreram ao largo das ilhas gregas de Farmakonissi e Kalolimnos, esta madrugada

Mais seis cadáveres foram esta sexta-feira recuperados após os dois naufrágios sucessivos ao largo das ilhas gregas de Farmakonissi e Kalolimnos, no mar Egeu, elevando para 21 o número de mortos, quando prossseguiam as buscas por dezenas de desaparecidos, informou a guarda costeira.

No primeiro naufrágio, ocorrido perto das 00h30 (hora de Lisboa), 48 pessoas conseguiram alcançar a salvo as costas de Farmakoniss, depois de o barco em que seguiam ter embatido nas rochas, segundo a polícia portuária. Os corpos de seis crianças e de uma mulher foram recuperados pela guarda costeira após o naufrágio.

Algumas horas depois, outro barco virou-se ao largo de Kalolimnos. No total, 26 pessoas sobreviveram a este segundo naufrágio, mas segundo declarações dos sobreviventes havia dezenas de pessoas a bordo do barco proveniente das costas turcas.

Oito crianças estão entre os mortos e a polícia marítima grega, apoiada por um helicóptero da agência de fronteiras europeia Frontex, continuava esta manhã as buscas pelos desaparecidos.

Esta quinta-feira, pelo menos 12 migrantes, incluindo crianças, morreram ao largo das costas ocidentais da Turquia. A guarda costeira turca conseguiu salvar 28 pessoas.

Segundo estimativas da Organização Internacional para as Migrações (OIM), 77 pessoas morreram nas travessias realizadas entre 1 e 18 de janeiro. Também desde o início do ano, a OIM contou 31 mil chegadas às ilhas gregas, um número 21 vezes superior do que o registado em janeiro de 2015.