Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Estado Islâmico liberta 270 dos 400 civis sequestrados na Síria

  • 333

RODI SAID

No passado fim-de-semana, 400 civis foram sequestrados na cidade de Deir ez-Zor, no noroeste Síria. Esta terça-feira libertou 270, a maioria mulheres e crianças

O autoproclamado Estado Islâmico (Daesh) libertou, esta terça-feira, 270 dos cerca de 400 civis sequestrados no fim-de-semana, durante um ataque à cidade de Deir ez-Zor, no noroeste da Síria, anunciou o Observatório Sírio para os Direitos Humanos.

Citado pela agência Reuters, Rami Abdulrahman, chefe do Observatório, informou que entre os 270 civis libertados a maior parte são mulheres e crianças. Entre o grupo que continua refém há prisioneiros do sexo masculino com idades entre os 14 e os 55 anos.

Os civis foram capturados quando o Daesh lançou uma ofensiva contra áreas com pouco controlo do regime na cidade de Deir ez-Zor e conquistou a zona de Al-Baguiliya, a norte da cidade. O Observatório indicou que as forças governamentais tentaram recuperar vários locais no sul de Al-Baguiliya e um edifício na Universidade Privada Al-Jazira, nos arredores de Deir ez-Zor.

Os Estados Unidos já reagiram ao ataque e condenaram a violência exercida contra os civis. Citado pela Reuters, Mark Toner, porta-voz do Departamento do Estado norte-americano, afirmou que os Estados Unidos exigem “a libertação imediata de todos os civis que foram sequestrados e de todas as pessoas detidas pelo Estado Islâmico”.