Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Condenado por matar com 80 facadas a ex-namorada

  • 333

Caso aconteceu no Reino Unido. Ataque começou dentro do apartamento onde ambos tinham vivido e depois seguiu-se para fora, com a vítima a tentar fugir de pijama

Um entusiasta de artes marciais assassinou a ex-namorada momentos após ela ter terminado a relação com ele. O crime ocorreu no Reino Unido em julho de 2015, mas só esta quinta-feira é que Jordan Taylor foi considerado culpado. Esta sexta-feira saberá a sentença.

Foram pelo menos 80 facadas que Laura Devis sofreu depois de anunciar o fim da relação com Taylor. A jovem, de 21 anos, vivia com o namorado Jordan Taylor, de 22 anos, num apartamento em Basildon, cidade localizada no condado de Essex, no Reino Unido, refere o “The Guardian”.

O jornal britânico menciona também que os promotores explicaram que o ataque começou dentro do apartamento e que depois seguiu-se para fora, com Laura a tentar fugir de pijama. Inicialmente, Jordan negou o crime, alegando que a namorada é que tinha ido contra ele com uma faca e que “estupidamente” ele agarrou. No entanto, as câmeras de vigilância mostram Taylor a erguer o corpo de Laura Davies quase sem vida.

Uma apaixonada por animais que vivia controlada pelo namorado

A mãe de Laura, Dyanne Lambert, contou em tribunal que a filha começou a ficar mais infeliz quando Taylor começou a ter comportamentos ciumentos e de controlo. Segundo Lambert, Taylor controlava a conta bancária de Laura, impedia-a de sair, e, ainda, de vestir o que ela queria, nomeadamente roupas mais curtas e decotadas, diz o “The Guardian”.

Taylor ainda revelou que propositadamente não tentou desfigurar a cara de Laura ou fazer cortes no peito esquerdo, porque queria castigá-la por ter tentado terminar a relação com ele.

Laura Davies trabalhava como empregada numa Sociedade de Proteção de Cavalos e Póneis em Essex. De acordo com o “Daily Mail”, os familiares, amigos e colegas de trabalho descreviam Laura como “uma mulher muito bonita, que adorava trabalhar com os animais, e que dedicou a sua vida a cuidá-los e a protege-los”.