Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Polícia mata filha do homem contra o qual disparara

  • 333

A menina de 12 anos encontrava-se atrás do pai, que alegadamente apontara uma espingarda ao polícia levando a que este disparasse

Um polícia de Duncannon, no Estado norte-americano da Pennsylvania, matou acidentalmente uma menina de 12 anos durante uma ação de despejo.

Reajindo à tentativa de despejo da sua casa, Donald Meyer fechou a porta ao polícia, antes de a voltar a abrir, segurando uma espingarda que alegadamente terá apontado ao polícia, levando a que este disparasse contra ele.

A bala acabou contudo por passar apenas de raspão pelo braço de Donald, atingindo depois fatalmente a sua filha Ciara, que se encontrava por detrás dele.

Um porta-voz de uma associação policial indicou que o agente ficou “devastado” com a morte da menina e que voluntariamente se suspendeu da força policial. O procurador distrital local está ainda a investigar o caso, para determinar se o agente será alvo de alguma acusação.

No Facebook foi entretanto criada uma página apelando a que seja feita justiça em relação à morte de Ciara.