Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Trinta e seis metros de Mao dourado para uma das zonas mais pobres da China

  • 333

CHINA STRINGER NETWORK / REUTERS

Quase 40 anos depois da sua morte, Mao Tsé-Tung continua a ser idolatrado pela população chinesa

Foi erguida uma estátua gigante de Mao Tsé-Tung na província de Henan, uma das zonas rurais mais pobres da China. São 36 metros do controverso líder sentado numa cadeira.

Segundo os media locais, o monumento terá custado 420 mil euros e é feito de betão e aço, sendo apenas pintado de dourado. Os custos foram suportados por empresários e habitantes locais.

Segundo o “The Guardian”, a construção da estátua começou em março de 2015, tendo sido concluída em meados de dezembro.

Em 2009, a província chinesa de Hunan assinalou o 115º aniversário do nascimento de Mao Tsé-Tung com uma estátua do seu busto com 32 metros de altura.

Mao Tsé-Tung governou o país durante três décadas até à sua morte, em setembro de 1976. Foi o grande responsável pelas políticas do “Grande Salto em Frente”, que causaram a morte de 45 milhões de pessoas, sendo que a província de Henan foi uma das mais afetadas.