Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Pelo menos 11 mortos e 200 feridos em sismo na Índia

  • 333

REUTERS

O abalo ocorreu esta madrugada na região nordeste da Índia, junto à fronteira com o Myanmar e o Bangladesh

Pelo menos 11 pessoas morreram e cerca de 200 ficaram feridas esta segunda-feira na sequência de um sismo de magnitude 6,7 que abalou o nordeste da Índia. Seis vítimas mortais foram registadas na Índia e três no Bangladesh, segundo a Reuters.

O sismo teve uma profundidade de 57 km, com o epicentro localizado a cerca de 29 km a oeste de Imphal, capital do estado indiano de Manipur.

O abalo ocorreu de madrugada, numa altura em que a maioria da população dormia. Muitas pessoas fugiram das suas casas e vários edifícios foram evacuados. Entretanto, decorrem as operações de resgate em busca de sobreviventes ou mais vítimas.

O ministro indiano do Interior Rajnath Sign garantiu que os apoios não serão limitados a Manipur, sendo estendidos a todos os estados afetados. “Estou a tentar contactar os ministros dos Estados, já falei com alguns. Não tive oportunidade de falar com o ministro de Manipur, mas com o secretário de Estado. Estou a par de toda a situação e de acordo com as informações disponíveis não há motivos para maior preocupação”, declarou o governante.

Numa curta declaração no Twitter, o primeiro-ministro Narendra Modi afirmou que está a acompanhar a situação, mantendo-se em contacto com as autoridades locais.

O sismo foi também sentido no Bangladesh, Myanmar (antiga Birmânia) e Nepal, uma região que é frequentemente afetada por abalos. No dia 25 de abril de 2015, o Nepal foi alvo de um terramoto de 7,6 de magnitude que causou 9 mil mortos e 23 mil feridos.

Cerca de 600 mil casas ficaram destruídas na sequência do sismo e de várias réplicas.

(Atualizada às 13h17)