Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Cameron diz que vídeo do Daesh é sinal de desespero

  • 333

As declarações do primeiro-ministro britânico surgem em reação ao vídeo do autodenominado Estado Islâmico no qual um individuo de sotaque britânico lhe lança insultos e onde é exibida a execução de cinco homens apresentados como espiões britânicos

“É algo desesperado, por parte de uma organização que pratica os atos mais ignóbeis. As pessoas puderam voltar a ver isso hoje”, afirmou o primeiro-ministro britânico, David Cameron, numa reação ao vídeo de propaganda do Daesh em que um individuo de cara tapada e sotaque britânico lhe lançava insultos e em que cinco homens, apresentados como espiões britânicos na Síria, surgem a ser mortos a tiro.

“Isto é uma organização que está a perder terreno e base, eu penso que está, cada vez mais, a perder a simpatia de qualquer pessoa”, disse Cameron em declarações ao “The Guardian” registadas em vídeo.

O primeiro-ministro britânico era qualificado como “imbecil” pelo individuo que surgia no vídeo do Daesh, que lançou também diversas ameaças ao Reino Unido.

“Eles odeiam-nos não pelo que fazemos mas pelo que somos, por sermos uma nação bem sucedida, tolerante, democrática, multi-religiosa, multi-étnica. Eles odeiam isso. É por isso que nos querem derrubar. Mas eu sei que a Grã-Bretanha nunca se deixará intimidar por este tipo de terrorismo. Os nossos valores são muito mais fortes que os deles. Poderá levar muito tempo, mas eles serão derrotados”, referiu ainda Cameron.