Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Líder norte-coreano Kim Yan-Gon morre em acidente de viação

  • 333

Chung Sung-Jun/GETTY

O secretário do Partido dos Trabalhadores norte-coreano, que liderava o diálogo com a Coreia do Sul, morreu esta madrugada, aos 73 anos

O chefe da delegação norte-coreana nas negociações de reconciliação com a Coreia do Sul, Kim Yang-Gon, morreu esta quarta-feira num acidente de viação, noticiou a agência de notícias estatal da Coreia do Norte, KCNA.

"O camarada Kim Yang-Gon, secretário do Partido dos Trabalhadores e membro do Bureau Político do Comité Central morreu num acidente de viação às 06:15 [locais de terça-feira, 21:15 de segunda-feira em Portugal], aos 73 anos", lê-se no despacho da agência norte-coreana.

Segundo a KCNA, o líder norte-coreano, Kim Jong-Un, vai chefiar a delegação presidencial de 80 membros que participará quinta-feira no funeral de Kim Yang-Gon.

Diplomata com a carreira feita no partido, Kim Yang-Gon era conhecido como um confidente próximo do presidente norte-coreano, servindo também de conselheiro para as relações inter-coreanas e, mais recentemente, para as questões internacionais, em geral.

Kim Yang-Gon desempenhou um papel determinante na cimeira de 2007 entre o líder norte-coreano de então, Kim Jon-Il e o presidente sul-coreano, Roh Moo-Hyun.