Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Jogador de râguebi criticado por publicar fotos de crianças sírias mortas

  • 333

David Rogers/GETTY

Unicef criticou Sonny Bill Williams por ter publicado no Twitter fotografias de crianças sírias mortas, no âmbito de uma campanha de sensibilização do Fundo das Nações Unidas para a Infância

O jogador de râguebi neozelandês Sonny Bill Williams foi esta quarta-feira alvo de duras críticas da Unicef por publicar no Twitter fotografias de crianças sírias mortas, menos de um mês após ter visitado um campo de refugiados no Líbano.

A estrela dos All Blacks, que recentemente se sagraram campeões do mundo, efetuou a visita no âmbito de uma campanha de sensibilização do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) sobre a situação dos sírios que ali vivem.

"O que é que estas crianças fizeram para merecer isto?", questionou Williams, num 'tweet', acompanhado por fotografias de crianças mortas.

A Unicef afirmou, porém, que as imagens não foram tiradas durante a visita aos campos de Bekaa, no leste do Líbano, e que Williams não consultou a agência da ONU antes de publicar as fotografias, noticiou o jornal "New Zealand Herald", citando o porta-voz da Unicef na Nova Zelândia, Patrick Rose.

"Trata-se de uma violação fundamental dos direitos dessas crianças", disse.

As reações ao seu 'tweet' na rede social foram diversas, com internautas a criticar a publicação de imagens chocantes, à semelhança da Unicef, e outros a considerarem que permite mostrar o horror da guerra.