Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Nove alunas mortas em ataque do Daesh a escola primária síria

  • 333

Há ainda duas dezenas de feridos, alguns em estado grave

Nove alunas morreram na manhã desta terça-feira num ataque do autoproclamado Estado Islâmico (Daesh) a uma escola primária da cidade de Deir Ezzor, na zona leste da Síria.

O Observatório Sírio dos Direitos Humanos informou que o ataque causou também 20 feridos, na sua maioria alunas, sendo que a escola é apenas frequentada por raparigas. Em declarações à Agence France-Presse, o director da organização, Rami Abdel Rahman, disse que "é provável que o balanço piore porque alguns feridos estão em condição grave".

No passado dia 13, dezenas de civis, incluindo nove crianças, morreram na sequência de um ataque aéreo organizado pelas forças do Governo sírio nos subúrbios de Damasco. Um dos edifícios atingidos foi uma escola, onde morreram quatro crianças e um professor.

Desde 2013 que o Daesh controla quase toda a província petroleira de Deir Ezzor, apesar de metade da capital ainda permanecer sob o domínio do governo.

Em cinco anos, a guerra na Síria já causou mais de 250.000 mortos.