Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Governador de São Paulo garante que Museu da Língua Portuguesa será reconstruído

  • 333

PAULO WHITAKER / Reuters

Um incêndio de grandes proporções, que deflagrou esta segunda-feira no edifício, destruiu grande parte das instalações

O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, garantiu que o Museu da Língua Portuguesa, que esta segunda-feira ardeu quase totalmente, será reconstruído e que o Estado irá procurar patrocinadores e doadores privados para financiar o projeto.

Geraldo Alckmin visitou ao final da tarde o museu para avaliar os danos causados por um incêndio de grandes proporções, que destruiu parte da instituição, localizada no edifício da Estação da Luz, no centro de São Paulo, confirmando que o acervo é digital e foi preservado porque a instituição tem cópias das obras.

Ronaldo Pereira da Cruz, um dos bombeiros que trabalhava no local e tentou controlar as chamas, morreu na sequência de uma paragem cardiorrespiratória, após ter sido internando num hospital da cidade.

O museu é dedicado exclusivamente à preservação e a disseminação da história da língua portuguesa e já homenageou autores portugueses como Fernando Pessoa e Agustina Bessa Luís e tinha prevista uma exposição do Nobel da literatura José Saramago para 2016.

O Museu da Língua Portuguesa foi inaugurado em 2006 no edifício Estação da Luz, uma construção histórica datada de 1901 e que já foi atingida por outro incêndio, em 1946.

Desde que abriu ao público, o Museu da Língua Portuguesa já recebeu mais de três milhões de visitantes. Inaugurada em 1901, a Estação da Luz tornou-se a principal porta de entrada para milhares de imigrantes que chegaram a São Paulo até o final da II Guerra Mundial.