Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

China cancela concerto de banda norte-coreana devido a letras “antiamericanas”

  • 333

GETTY

As Moranbong são uma banda feminina de pop norte-coreano formada em 2012. O concerto na China, o primeiro fora do seu país, foi cancelado quando estava prestes a ser iniciado

As autoridades chinesas cancelaram o concerto da banda norte -oreana Moranbong devido às letras “antiamericanas” das suas músicas, segundo indicou esta sexta-feira à agência Reuters uma fonte com ligações à Coreia do Norte e à China.

Os responsáveis chineses não aprovaram que os Estados Unidos fossem designados como “lobo ambicioso”, em letras que glorificavam a guerra coreana de 1950-53, segundo referiu a mesma fonte, que falou sob anonimato.

“A China não solicitou que as letras fossem mudadas mas não passaram na supervisão dos censores. (…) A perspetiva da China é que as letras iriam provocar desnecessariamente os Estados Unidos”, afirmou.

O concerto, marcado para o passado sábado em Pequim, foi cancelado apenas três horas antes da hora prevista para o seu início. A agência de notícias chinesa Xinhua referiu apenas que o concerto não ocorreu devido a “questões da comunicação ao nível do trabalho”.

As Moranbong foram criadas em 2012 e esta teria sido a sua primeira atuação no estrangeiro.

Os elementos da banda, exclusivamente feminina, terão supostamente sido todas escolhidas pelo próprio líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, como parte do seu projeto de deixar a sua marca nas manifestações artísticas do país.