Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Síria: Carro armadilhado mata pelo menos 15 pessoas

  • 333

Vista sobre a cidade síria de Homs

OMAR SANADIKI/REUTERS

A explosão ocorreu em Homs, na Síria. A televisão estatal síria fala em 25 mortos e na ocorrência de “duas grandes explosões terroristas”

Helena Bento

Jornalista

Pelo menos 15 pessoas morreram este sábado vítimas de um atentado com um carro armadilhado na cidade de Homs, na Síria, avançou a AFP.

O carro explodiu perto de um hospital no bairro de al-Zahra, em Homs, cidada síria controlada pelo Governo de Bashar al-Assad. O governador da cidade, Talal al-Barazi, revelou à agência que pelo menos 64 pessoas ficaram feridas. Fonte da equipa médica, falando sobre anonimato, apontou para 100 feridos.

"A explosão foi aterrorizante. Há corpos desmembrados na rua. A explosão deixou uma enorme cratera no solo, e as pessoas começaram a correr em todas as direções, temendo novos ataques. Foi uma das piores explosões já ocorridas em Homs", revelou uma mulher de 28 anos, que trabalha num café no bairro de al-Zahra, citada pelo "Independent".

A televisão estatal síria fala em 25 mortos e na ocorrência de "duas grandes explosões terroristas" - a primeira perto do hospital e a segunda numa loja, poucos minutos depois - e o Observatório Sírio para os Direitos Humanos aponta para 35 mortos.