Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Coligação anuncia ter morto o responsável pelas finanças do Estado Islâmico

  • 333

John Moore/Getty Images

Abu Salah foi um dos três elementos-chave abatidos num dos últimos ataques aéreos no Iraque. O objetivo é afetar a capacidade do grupo jiadista se financiar

A coligação internacional liderada pelos Estados Unidos afirma ter morto, no Iraque, Abu Salah, considerado o responsável máximo pelas finanças do autoproclamado Estado Islâmico (Daesh). Nos ataques aéreos terão morrido ainda outros dois líderes dos jiadistas.

A informação foi confirmada pelo coronel Steve Warren, por videoconferência a partir de Bagdade. A coligação espera que o desaparecimento destas figuras afete a capacidade do Daesh de se financiar, acrescentou o militar.

Ainda que não se saiba muito sobre Abu Salah, nome de guerra para Muafaq Mustafa Mohammed al-Karmoush, o departamento norte-americano do Tesouro diz que tinha nacionalidade iraquiana, 42 anos, e começou por ter a seu cargo os assuntos financeiros relacionados com as províncias da organização jiadista no Iraque.

Os outros dois elementos mortos não foram identificados, tendo apenas sido adiantado que um era responsável pelas atividades de extorsão do Daesh e o outro geria o tráfico de pessoas, informação e armamento.