Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

França. Jovens condenados por simularem ataque terrorista para extorsão

  • 333

Aconteceu cinco dias depois dos atentados em Paris. Três jovens causaram o pânico num comboio regional. Tomaram o controlo do sistema de intercomunicação do comboio, apelaram à oração em árabe e ameaçaram os passageiros de morte, caso não entregassem os telemóveis.

O caso é classificado pelo Ministério Público francês como o “Comboio do Terror” e o processo terminou, esta quarta-feira, com a condenação de três jovens, em Perpignan (sul de França), por tentarem roubar os telemóveis dos passageiros fazendo-os acreditar que se tratava de um ataque terrorista.

O incidente aconteceu cinco dias depois dos atentados em Paris. Os três jovens causaram o pânico num comboio regional, que viajava entre Beziers e Perpignan, ao tomarem posse do sistema de intercomunicação do comboio. Depois de um apelo à oração em árabe, os passageiros foram ameaçados de morte se não entregassem os telemóveis.

Os jovens foram detidos pelas autoridades e acusados do crime de extorsão, no Tribunal de Perpignan. De acordo com a imprensa francesa, o principal arguido, de 21 anos, também acusado de apologia ao terrorismo, foi condenado a quatro anos de prisão. Os restantes arguidos, de 19 e 23 anos, receberam a sentença de três e dois anos de prisão, respetivamente.

“Foi uma piada de muito mau gosto”, disse um dos advogados.

“Não era a sério”, argumentou o principal acusado, acrescentando que sempre condenou as ações do “Estado Islâmico [Daesh] e tudo o que aconteceu em Paris”.

No dia 13 de novembro, sexta-feira, a capital francesa foi vítima de ataques terroristas, que provocaram a morte de 130 pessoas, sendo que o caso “Comboio do terror” aconteceu a 18 de novembro, cinco dias depois dos atentados.