Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Rússia recupera caixa negra de avião militar abatido pela Turquia

  • 333

FOTO ARQUIVO FORÇA AÉREA TURCA

O Presidente russo quer que a caixa seja analisada apenas na presença de peritos estrangeiros

A Rússia recuperou uma caixa negra do bombardeiro SU-24 abatido pela Turquia na fronteira síria em novembro e vai decifrar o seu conteúdo com especialistas estrangeiros, declarou esta terça-feira o Presidente russo, Vladimir Putin.

"Peço que não a abram de momento", declarou Putin ao ministro da Defesa, Serguei Choigou, no decurso da apresentação da caixa negra, pedindo que seja analisada "apenas na presença de peritos estrangeiros", referiram as agências noticiosas russas.

A 24 de novembro, um F-16 turco abateu um avião militar russo junto à fronteira com a Síria e que estaria a violar o espaço aéreo do país, segundo Ancara.
A Rússia desmentiu as acusações, referiu que o aparelho sobrevoava território sírio e ameaçou o seu vizinho com represálias políticas e económicas.

Em paralelo, o ministro da Defesa russo anunciou ainda esta terça-feira que o exército da Rússia atacou diversos alvos na Síria com mísseis de cruzeiro disparados pela primeira vez de um submarino no Mediterrâneo. "Utilizámos mísseis de cruzeiro Calibre do 'Rostov no Don' desde o Mediterrâneo", declarou Serguei Choigou.

O ministro precisou que os ataques visaram "dois bastiões terroristas" perto de Raqa, na Síria, onde permanece implantado o autoproclamado Estado Islâmico.