Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Tribunal turco quer determinar se comparação de Presidente com Gollum é insultuosa

  • 333

Um homem que estabeleceu um paralelismo entre as imagens do presidente Erdogan e as da personagem humanoide de “O Senhor dos Anéis” arrisca dois anos de prisão

O julgamento de um homem acusado de ter insultado o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, ao ter partilhado fotos que estabeleciam um paralelismo da sua imagem com a personagem humanoide de “O Senhor dos Anéis” foi adiado até que especialistas tenham terminado uma avaliação de caráter da personagem da obra de J.R.R. Tolkien.

Bilgin Çiftçi foi despedido do seu trabalho na Instituição Pública de Saúde da Turquia devido à partilha das fotos, arriscando ser condenado a dois anos de prisão por ter insultado o presidente.

O arguido alega contudo que Gollum “não é mau caráter” e o juiz, que não viu os filmes nem conhece a história, decidiu que seja primeiro efetuada a avaliação da personagem.