Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Más notícias para o planeta: 2015 é o ano mais quente de sempre

  • 333

Vasily Fedosenko/Reuters

O preocupante recorde, batido pelo segundo ano consecutivo, resulta do aquecimento global aliado ao “El Niño”

Antes mesmo do ano ter chegado ao fim, as temperaturas extraordinariamente altas já permitiram à Organização Meteorológica Mundial (OMM) anunciar que 2015 é o ano mais quente desde que há registos (1880), com as temperaturas do planeta provavelmente a ultrapassarem o nível simbólico de um grau célsius acima do existente nos tempos pré-industriais.

Números que superam os de 2014, que já fora o ano mais quente. Tudo somado faz com que o período entre 2011 e 2015 seja também o mais quente alguma vez registado.

“Tudo isto são más notícias para o planeta”, referiu o secretário-geral da OMM, Michel Jarraud. numa declaração sobre o relatório, apresentado uma semana antes dos líderes mundiais se reunirem em Paris, para tentarem negociar um acordo para combater as alterações climatéricas.

O preocupante recorde de 2015 resulta do aquecimento global aliado ao “El Niño”, fenómeno de alterações significativas na distribuição da temperatura da superfície da água do Oceano Pacífico, com profundos efeitos no clima.

No verão passado, 2500 pessoas morreram na Índia durante uma vaga de calor atribuída às mudanças climáticas, 2000 morreram no Paquistão onde as termómetros chegaram aos 49º.

Na China, o ano foi o mais quente desde que há registos, em África o segundo mais quente. Os fenómenos naturais associados incluíram fortes chuvadas e inundações no sul dos Estados Unidos, México, Bolívia, Malawi, Zimbabué e Moçambique, secas no oeste dos Estados Unidos, Europa central, Rússia e sudeste da Ásia.