Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Abaaoud regressou aos locais dos crimes

  • 333

Em conferência de imprensa, o procurador François Mollins confirmou que o cérebro dos atentados de Paris e mais outro homem estavam preparados para se fazer explodir no bairro La Défense a 18 ou 19 de novembro

O procurador de Paris, François Molins, confirmou esta terça-feira que estava a ser preparado um atentado no bairro La Défense.

“Os dois terroristas, Abaaoud e um outro homem encontrado no apartamento [de Saint-Denis], tinham planos para se fazer explodir na quarta 18 ou quinta-feira 19, no bairro de La Défense”, referiu François Mollins.

Foi precisamente na madrugada do dia 18 que a polícia levou a cabo a mega operação em Saint-Denis, onde morreram três pessoas e oito foram detidas. Entre os mortos estavam Abdelhamid Abaaoud, Hasna Ait Boulahcen e um terceiro cuja identidade não foi divulgada.

Sabe-se ainda que Abdelhamid Abaaoud, era considerado o cérebro dos ataques de Paris, e esteve [ou voltou] no local dos atentados, enquanto a policia ainda realizava o cerco à sala de espetáculos Bataclan e libertava os reféns.

As autoridades francesas só souberam que Abaaoud estava na Europa no dia 16 de novembro, três dias após os atentados de Paris.

Na conferência de imprensa, François Mollins disse ainda que há um novo suspeito: um homem belgo-marroquino cujo ADN foi encontrado em um dos veículos utilizados nos atentados. O procurador François referiu também que Hasna Ait Boulahcen “sabia perfeitamente da implicação do primo nos ataques”.