Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Polícia belga pediu silêncio nas redes sociais, os internautas responderam... com fotografias de gatos

  • 333

Se as redes sociais tivessem uma mascote, poder-se-ia apostar que os gatos seriam a espécie eleita. Os utilizadores de redes sociais da Bélgica mostraram isso mesmo na noite passada, quando a polícia pediu silêncio sobre as operações policiais que decorriam. Selecionámos alguns dos melhores tweets felinos

Já pensou em ajudar a polícia com... fotografias de gatos? Parece improvável, mas foi exatamente assim que a população belga decidiu responder ao apelo da polícia, que na noite de domingo pediu aos cidadãos e aos meios de comunicação que não divulgassem informações sobre as operações ligadas à ameaça terrorista que estavam em curso.

Continua a não perceber onde é que os gatos entram nesta história? Pois bem, é que se os jornais belgas corresponderam ao pedido e suspenderam temporariamente a cobertura noticiosa destas operações - “Le Soir”, “L'Avenir” ou “L'Echo” são algumas das principais publicações que deixaram de dar informações sobre a atuação policial -, a população ouviu a polícia e respondeu de uma forma original. As contas das principais redes sociais dos utilizadores belgas foram inundadas pelas fotografias que menos teriam que ver com as operações policiais: imagens de gatos.

A solução é original, mas se não acreditar, nós mostramos. Tudo começou com este tweet feito pela polícia belga, em que se pede que por “segurança” que não sejam divulgadas informações sobre as operações policiais nas “redes sociais”:

Os principais jornais belgas replicaram o tweet, anunciando a suspensão de todas as notícias relativas àquelas operações:

Quanto à resposta dos internautas... mais vale ver por si mesmo. Deixamos uma seleção de algumas das imagens publicadas no Twitter:

Perante a resposta positiva das redes sociais, a polícia alinhou e publicou esta segunda-feira de manhã uma mensagem no Twitter em que agradece aos gatos pela “ajuda” com uma taça de comida virtual: