Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Afinal foi um homem e não a prima de Abaaoud que se fez explodir em Saint-Denis

  • 333

GONZALO FUENTES / Reuters

Polícia revê versão avançada inicialmente: quem acionou os explosivos durante o assalto em Saint-Denis, na quarta-feira, foi um homem, e não a prima de Abdelhamid Abaaoud, tido como o mentor dos atentados

Hasna Aitboulahcen, a prima do presumível autor moral dos ataques de 13 de novembro em Paris, não deflagrou intencionalmente quaisquer explosivo durante o assalto policial a um edifício em Saint-Denis, quarta-feira, informou fonte da polícia francesa citada pela AFP.

Durante a longa operação policial levada a efeito na madrugada e manhã de quarta-feira em Saint-Denis, pensaram os investigadores que a pessoa que se fez explodir ao sentir-se encurralada era uma mulher, mas, afinal, perceberam agora que era um homem.

Durante o assalto, morreram no apartamento visado pelas autoridades, a norte de Paris, três alegados terroristas, um dos quais Abdelhamid Abaaoud, a sua prima Hasna Aitboulahcen e um terceiro indivíduo ainda não identificado.