Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Estado Islâmico diz que matou reféns norueguês e chinês

  • 333

O anúncio foi feito esta quarta-feira na revista de propaganda do movimento jiadista

O autodenominado Estado Islâmico (Daesh) diz que matou um refém norueguês e outro chinês, após não ter obtido o resgate que pedira há dois meses. O anúncio foi efetuado esta quarta-feira, no último número da revista de propaganda, em inglês, do grupo jiadista, que apresenta uma foto supostamente dos corpos das duas vítimas.

“Executados após terem sido abandonados pelas nações e organizações Kabir” (o termo árabe para infiel), refere o texto que acompanha a foto.

Anteriormente, o Daesh anunciara que Ole Johan Grimsgaarg-Ofstad, um homem de 48 anos oriundo de Oslo, e Fan Jinghui, um consultor de 50 anos que trabalhava como consultor frrelancer em Pequim, estavam detidos, sem indicar onde e em que circunstâncias os tinha capturado.