Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Autoridades acreditam que suspeitos travados em Saint-Denis planeavam novo ataque

  • 333

Escutas telefónicas e operações de vigilância levaram as autoridades francesas a realizar esta madrugada uma grande operação de caça ao homem num apartamento em Saint-Denis - há dois mortos e sete detidos. Informações indicavam que Abdelhamid Abbaoud, presumível autor moral dos ataques em Paris, se encontrava no local

BENOIT TESSIER / Reuters

As autoridades francesas não confirmaram a presença de Abdelhamid Abbaoud, que é apontado como o cérebro dos ataques da passada sexta-feira em Paris, num apartamento em Saint-Denis, nos subúrbios de Paris. A polícia gaulesa considera que o grupo de terroristas de Saint-Denis estava a preparar um atentado na zona de La Defense, o centro financeiro de Paris.

O procurador da República, François Molins, afirmou esta quarta-feira que ainda não foram apurados os nomes dos indivíduos que morreram e que foram detidos no âmbito da operação policial que arrancou esta madrugada num apartamento em Saint-Denis.

“É impossível dizer quem foi detido. Estamos a verificar tudo. Tudo será feito para determinar as identidades de todos”, declarou o procurador de Paris, citado pela Reuters, confirmando a detenção de sete pessoas no total.

O responsável explicou ainda que as informações conseguidas pelas autoridades - através de escutas telefónicas e de operações de vigilância - levaram a crer que o suspeito se encontrava naquele apartamento.

Entretanto, já foram identificadas as 129 vítimas dos ataques ocorridos na sexta-feira na capital francesa.