Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Confirmada morte de segunda vítima portuguesa

  • 333

Pascal Le Segretain/Getty Images

Précilia Correia é a segunda vítima mortal, luso-descendente, dos ataques em Paris, reivindicados pelo autoproclamado Estado Islâmico (Daesh). Há ainda quatro portugueses feridos, alguns dos quais com dupla nacionalidade

A jovem lusodescendente é a segunda vítima mortal dos atentados em Paris desta sexta-feira, que estava na sala de espetáculos Bataclan. A informação acabou de ser confirmada ao Expresso pelo Governo português.

A morte de Précilia Correia, de 35 anos, filha de pai português e mãe francesa, é conhecida poucas horas depois de se saber que um outro português, de 63 anos, Manuel Dias, morreu na sequência dos ataques reivindicados pelo autoproclamado Estado Islâmico (Daesh).

A família da lusodescendente já tinha confirmado às autoridades o seu desaparecimento, mas só agora o Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Cesário, conseguiu obter esta informação.

“Está confirmada a morte de Précilia Correia”, garantiu ao Expresso José Cesário, que acrescenta que existem ainda alguns portugueses feridos. Inicialmente, José Cesário tinha apontado cinco cidadãos portugueses, alguns com dupla nacionalidade e um deles hospitalizado - mas acabaria por perceber que o alegado português hospitalizado era, afinal, um argentino com ascendência portuguesa.

Há pelo menos nove estrangeiros entre as 129 vítimas mortais oficialmente conhecidas. O balanço mais recente, avançado pelas autoridades francesas, contabiliza ainda 352 feridos, entre os quais 99 em estado muito grave.

Notícia atualizada domingo às 15h30