Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Trump acusa rival. “Temperamento patológico de Carson não tem cura, tal como o de um pedófilo”

  • 333

Trump aproveitou um comício no Iowa para criticar fortemente o principal rival na corrida à nomeação do Partido Republicano

RICK WILKING

O candidato à nomeação republicana voltou a surpreender quem o ouvia, num comício no estado do Iowa, ao criticar fortemente o também candidato Ben Carson. Para Donald Trump, Carson “é um enigma”

Podia pensar-se que o candidato à nomeação republicana Donald Trump já não podia surpreender ninguém com as suas afirmações polémicas, mas Trump continua a somar frases sonantes ao seu historial. Desta vez, o candidato fez correr muita tinta ao atacar o também candidato Ben Carson, chegando mesmo a afirmar que o seu rival tem um “temperamento patológico” comparável ao de um pedófilo, dado que nenhuma das situações “tem cura”.

Mais: Trump não se limitou a criticar Ben Carson, mas também os votantes do estado norte-americano do Iowa. É que, para o multimilionário, quem “acredita nas tretas” do candidato que já o ultrapassa nas sondagens é “estúpido”: “Quão estúpidos são os habitantes do Iowa?”, questionou Trump, perante uma audiência que o ouvia no Iowa Central Community College na noite desta quinta-feira.

O candidato multimilionário referia-se às revelações que Ben Carson tem feito sobre a sua história de vida. No seu livro “Gifted Hands” (em português, Mãos Abençoadas), Carson descreve o seu temperamento nervoso e irritável aquando da sua infância e adolescência, passadas em Detroit.

De acordo com os episódios relatados pelo candidato republicano que agora lidera as sondagens no que toca a uma nomeação do partido, Carson terá tentado, na altura, esfaquear um amigo e quase terá batido na sua mãe. No livro, candidato classifica os seus problemas de temperamento como questões de “raiva patológica” e foca-se na sua recuperação.

Só Jeb Bush escapou às críticas... por maus motivos

Na mesma intervenção, Trump aproveitou ainda para criticar outro dos candidatos republicanos, o senador da Florida Marco Rubio, que é, para o multimilionário, “fraco como um bebé”, já que “sua abundantemente” de cada vez que é pressionado. A candidata democrata Hillary Clinton também foi visada no discurso de Trump, que a acusou de estar a jogar com o “trunfo de ser mulher”.

Já governador da Florida e também candidato à nomeação republicana, Jeb Bush, não mereceu “a atenção” de Trump, devido ao seu “fraco desempenho” na campanha eleitoral para a corrida à presidência dos Estados Unidos.

Trump disse ainda que Carson é, na sua opinião, “um enigma”, duvidando dos relatos do candidato: “Ele pressionou a faca contra a barriga do seu amigo mas, atenção, acertou no cinto! Poupem-me”, ironizou.