Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Polícia mandou parar carro e descobriu que era um veículo sem condutor da Google

  • 333

Não estava em excesso, mas antes abaixo da velocidade permitida. Após a polícia ter intercetado a viatura, descobriu que se tratava de um Veículo Autónomo da Google

Aconteceu quinta-feira na Califórnia, a menos de um quilómetro da sede da Google. A polícia intercetou um carro que estava a causar engarrafamento, ao circular a apenas 10 quilómetros por hora, menos 5 do que o permitido, percebendo então que se tratava de Veículo Autónomo da Google.

O agente da polícia descobriu que, apesar de não ter condutor, no interior da viatura encontrava-se um passageiro, que foi informado sobre os limites mínimos de velocidade naquela estrada.

Posteriormente, a Google admitiu que por questões de segurança a sua viatura estava preparada para seguir àquela velocidade.

“Nós regulámos a velocidade do nosso protótipo para os 10 quilómetros por hora por motivos de segurança. Nós queremos que eles tenham uma abordagem amigável, em lugar de atravessarem de forma assustadora as ruas dos bairros”, indicou a Google.