Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Israel. Polícia mata mulher que tentava atacar agentes com arma branca

  • 333

É mais um caso a juntar à lista de episódios de violência entre Israel e Palestina. O primeiro-ministro do Estado hebraico, Benjamin Netanyahu, encontra-se esta segunda-feira com Obama na Casa Branca e deve discutir apaziguamento da situação no Médio Oriente

O Médio Oriente assistiu, hoje, a um novo episódio na escalada de violência das últimas semanas. As forças da ordem israelitas dispararam sobre uma mulher palestiniana que alegadamente teria tentado atacar oficiais do corpo de segurança. A mulher acabou por morrer na sequência dos disparos.

Segundo o Ministério da Defesa israelita, a mulher terá abordado oficiais das forças de segurança na Cisjordânia, empunhando uma faca. A mesma fonte afirma que as autoridades acabaram por disparar depois de ela se ter recusado a afastar-se.

A violência entre israelitas e palestinianos tem crescido nos últimos meses. Desde dia 1 de outubro, 12 israelitas já morreram na sequência de ataques palestinianos nas ruas. Do outro lado da barricada, as forças israelitas já mataram, no mesmo período, 73 palestinianos, 44 dos quais estariam armados.

Netanyahu encontra-se esta segunda-feira com Obama

O presidente de Israel, Benjamin Netanyahu, vai encontrar-se com Barack Obama esta segunda-feira, na Casa Branca, mais de um ano depois da última reunião de ambos. As relações entre os dois governantes são tensas desde a formalização do acordo nuclear com o Irão, apoiado pelos Estados Unidos.

Além do principal tema da reunião – a continuação do financiamento pelos Estados Unidos de 20% dos gastos militares israelitas –, Netanyahu e Obama deverão negociar uma “estabilização” do conflito no Médio Oriente, com o governante israelita a propor medidas apaziguadoras a aplicar na zona da Cisjordânia e da Faixa de Gaza. No entanto, Obama afasta a possibilidade de haver acordo definitivo entre Israel e a Palestina, neste momento.