Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

O que aconteceu à atmosfera de Marte?

  • 333

Cientistas da NASA afirmaram que a atmosfera do planeta vermelho pode ter desaparecido devido à ação de ventos e tempestades solares

Helena Bento

Jornalista

Depois de ter anunciado a descoberta de sinais de água em Marte, a NASA informou esta quinta-feira que a atmosfera do planeta vermelho pode ter desaparecido devido à ação de ventos e tempestades solares. Os dados que permitiram chegar a esta conclusão, e que foram recolhidos pela sonda Mave, ajudam a explicar por que razão o planeta não possui atualmente água em estado líquido.

De acordo com cientistas da agência espacial norte-americana, o clima de Marte, que originalmente era quente e propício à existência de vida, passou a ser frio e seco, e praticamente desértico, devido à ação de ventos e tempestades solares que arrancaram determinados gases necessários à proteção da atmosfera do planeta.

"Imaginem muitos hambúrgueres a saírem da atmosfera de Marte, um por segundo", disse o cientista da NASA Dave Brain aos jornalistas, durante a conferência de imprensa em que foi anunciada a descoberta. "Esses hambúrgueres correspondem às partículas de oxigénio e dióxido de carbono que se afastaram do planeta e que são importantes tanto para a existência de água como para o clima do planeta em geral", disse o cientista.

Na mesma conferência de imprensa, que decorreu esta quinta-feira em Washington, Michael Meyer, outro cientista da NASA, explicou o processo de uma forma que fez rir a audiência. "O que aconteceu à atmosfera de Marte? Citando Bob Dylan, 'The answer, my friend, is blowing in the wind'".

Aos jornalistas foi dito também que esta perda de gases continua a verificar-se atualmente, a um ritmo de cerca de 100 gramas por cada segundo.