Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Conferência sobre o clima. França suspende Schengen durante um mês

  • 333

DENIS CHARLET / AFP / Getty Images

Governo de Paris anuncia que, para reforçar a segurança em torno da Conferência Mundial sobre o Clima, os controlos nas fronteiras serão restabelecidos entre 13 de novembro e 13 de dezembro

O ministro francês do Interior, Bernard Cazeneuve, confirmou esta sexta-feira que por causa da Conferência Mundial sobre o Clima (COP21) a França vai suspender durante um mês os acordos de Schengen sobre a livre circulação de pessoas na União Europeia e que, por conseguinte, serão restabelecidos os controlos de passaportes nas fronteiras francesas de 13 de novembro a 13 de dezembro.

A medida excecional justifica-se, segundo o ministro, devido “a um contexto de ameaça terrorista ou de riscos para a ordem pública”.

A decisão foi tomada devido a alegadas ameaças terroristas e também porque estão previstas diversas manifestações em Paris, algumas organizadas por radicais de extrema-esquerda, nas próximas semanas.

A Conferência Mundial sobre o Clima decorre na região parisiense de 30 de novembro a 11 de dezembro e nela participarão 80 chefes de Estado e delegações de 196 países. Cerca de 35 mil pessoas estão acreditadas para a COP21, incluindo milhares de representantes de Governos e de organizações não-governamentais internacionais, bem como cinco mil jornalistas.