Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Incêndio em discoteca em Bucareste provoca 26 mortos

  • 333

REUTERS

No interior do “Club Colectiv”, cerca de 500 pessoas assistiam a um concerto para o lançamento de um disco, espetáculo que incluia efeitos pirotécnicos. O incêndio terá começado nas decorações do cenário

Um incêndio em uma discoteca de Bucareste provocou esta noite pelo menos 26 mortos e mais de 150 feridos, informou o secretário da Saúde da Roménia, Raed Arafat.

Alguns dos feridos têm queimaduras em 70% do corpo, enquanto outros sofreram intoxicação por monóxido de carbono.

Os feridos foram transferidos para vários hospitais da capital daquele país dos Balcãs.
As autoridades locais, que decretaram "alerta vermelho" de emergência civil, mobilizaram dezenas de ambulâncias do serviço de urgência e unidades de bombeiros.

No momento do incêndio, que ocorreu cerca das 00h locais (22h em Lisboa) no "Club Colectiv", no centro da capital romena, havia pelo menos 500 pessoas no interior da discoteca.

As pessoas estavam a assistir ao lançamento do disco de um grupo musical, acompanhado por um espetáculo de luz com efeitos pirotécnicos, informaram as rádios locais.

Segundo testemunhas, o incêndio começou nas decorações do cenário, tendo provocado o pânico entre o público.

Numa primeira reação, o chefe de Estado romeno, Klaus Johannis, expressou a sua "profunda dor pelo trágico acontecimento".

"É um dia muito triste para todos, para o nosso país e para mim pessoalmente", escreveu o Presidente na sua página oficial no Facebook.