Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Judeu israelita mata outro. Confundiu-o com um palestiniano

  • 333

Nas últimas semanas, com a tensão ao rubro, este género de incidente tem-se multiplicado em Jerusalém

Um judeu israelita foi morto a tiro esta quinta-feira em Jerusalém por soldados israelitas, que o confundiram com um palestiniano. O homem terá feito uma confusão idêntica em relação aos soldados e foi isso que deu origem ao incidente. Nas últimas semanas, houve vários casos semelhantes em Israel.

O homem, do qual inicialmente apenas foi dita a idade – 28 anos – vinha a sair de um autocarro. Os soldados, que se encontravam em patrulha, pediram-lhe a identificação. Ele recusou. No confronto subsequente, terá tentado tirar a arma a um dos soldados. Foi abatido por um segurança que se encontrava presente, e também um dos soldados disparou contra ele.

Na semana passada, um judeu esfaqueou outro por o confundir com um árabe. Esta semana, um erro semelhante fez com que um eritreu judeu fosse abatido a tiro e espancado por uma multidão. Isto acontece num contexto em que a tensão está ao máximo por causa dos sucessivos ataques, sobretudo à faca, entre palestinianos e judeus, num ciclo de violência e retaliação que o país infelizmente conhece bem.