Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Apenas 86 refugiados foram recolocados na Europa

  • 333

YANNIS BEHRAKIS/REUTERS

Boa vontade da União Europeia ainda não passou do papel. Um mês depois de os líderes europeus terem acordado recolocar mais 120 mil refugiados, o plano ainda só se concretizou para uma ínfima parte

Até agora, apenas 86 refugiados foram recolocados na União Europeia, tendo ainda sido disponibilizadas casas para 854, segundo indicou esta sexta-feira de manhã em Bruxelas a porta-voz da Comissão Europeia, Natasha Bertaud, citada pelo jornal “El Mundo”.

Estes números representam uma ínfima parte dos 160 mil que a Uniâo Europeia acordara recolocar. No mês passado, os Estados-membros acordaram redistribuir entre si, através de um sistema de quotas, mais 120 mil refugiados, o que perfazia um total de 160 mil contando com o que fora anteriormente acordado.

Apesar de Bertaud não ter indicado quais os países que receberam os 86 refugiados, o jornal espanhol refere que sabe que pelo menos algumas dezenas chegaram à Suécia e cerca de 20 à Finlândia.

O porta-voz chefe da Comissão Europeia, Margaritis Schinas, procurou relativizar a diferença entre o acordado e o concretizado, referindo que estava previsto que o plano seja aplicado ao longo dos próximos anos.

“O programa começou há um mês. Falar de infrações e sanções é precipitado”, disse, considerando que apesar da urgência da situação, a concretização do plano requer um mecanismo complexo.

Cerca de 600 mil pessoas estavam à espera de resposta pelos seus pedidos de asilo na Europa, segundo dados do Eurostat até 30 de junho, aos quais ainda têm de se somar os que chegaram posteriormente.