Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Soldado norte-americano morto em operação de resgate de 70 reféns em mãos jiadistas

  • 333

Operação decorreu no Iraque em território controlado pelo Estado Islâmico, que se preparava - segundo as autoridades dos EUA - para uma execução em massa

Um soldado norte-americano foi morto esta quinta-feira no Iraque durante uma operação que visava libertar 70 reféns do autoproclamado Estado Islâmico (Daesh), confirmou o Pentágono.

A ação da coligação internacional ocorreu próximo da cidade de Hawija, a província com mais população curda da cidade de Kirkuk, no Iraque, refere a BBC.

Tudo indica que o Daesh se preparava para levar a cabo um assassinato em massa. Além da libertação dos reféns, foram também capturados alguns militantes do Estado Islâmico.

Tratou-se de uma operação de grande envergadura, envolvendo helicópteros norte-americanos, as Forças de Operações Especiais Curdas e americanas, e ataques aéreos.

“Eles cortaram estradas e invadiram o local com sucesso”, declarou Najmaldin Karim, o governador da província de Kirkuk, citado pelo “The New York Times”.

O soldado morto esta quinta-feira constitui a primeira baixa no seio do exército norte-americano, desde que a coligação começou o combater o Daesh na Síria e no Iraque, no ano passado.