Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Rumor em redes sociais termina em linchamento no México

  • 333

Dois irmãos foram linchados e queimados por vizinhos numa localidade rural no México após serem acusados de sequestrarem crianças e idosos

Há uns dias circulava um rumor nas redes sociais que dava conta que dois homens sequestravam crianças e idosos numa pequena localidade rural de La Puebla, no México. Os dois suspeitos eram irmãos e funcionários de uma empresa de inquéritos.

José Abraham Copado Molina, de 25 anos, e Rey David Copado Molina, de 35, estudavam na Universidade Politécnica de Tulancingo e tinham esse emprego como part-time. Na segunda-feira, quando estavam a realizar inquéritos numa pequena aldeia de la Puebla, foram surpreendidos por um grupo de vizinhos que os atacaram - totalizaram mais de 1000 pessoas, segundo um porta-voz da polícia local, citado pela Reuters. Os dois irmãos foram linchados e queimados vivos, vários agentes da polícia também foram agredidos e veículos de patrulha incendiados pelos moradores.

“Foi um linchamento terrível. Rodearam os dois indivíduos mais de 1000 pessoas e lincharam-nos e queimaram-nos vivos na praça. Não conseguimos travá-los”, disse um porta-voz da polícia local ao “El País.”

O procurador da Justiça local garantiu que o caso está a ser investigado, não se sabendo se o alegado motivo por trás do crime não passava de um rumor.